Por que não experimentar uma MILF?

Por que não experimentar uma MILF?

ANÚNCIO

Postagem escrita em 15/03/2024

O sexo é melhor quando as duas partes desfrutam, de fato uma das principais reclamações dos clientes, é sobre o envolvimento das prostitutas, enquanto as coroas tem mais capacidade gozar e se entregam mais.

Os dados científicos ao respeito confirmam que o sexo melhora com a idade, no caso das mulheres de uma maneira mais evidente.

Os orgasmos femininos são melhores e mais ocorrentes a medida que ficamos mais velhos.

 Assim afirma um estudo realizado pela investigadora americana Debby Herbenick, educadora também no instituto Kinsey de investigação em gênero e reprodução. Enquanto 61% das mulheres entre 18 e 24 anos chegaram ao clímax a última vez que tiveram uma relação sexual, as de 30 e tantos conseguiram num 65%. Porém agora vem o melhor, a porcentagem das que chegaram a ter um orgasmo aumentou até 70% no grupo das que já tinham completado os 40 e 50 anos.

É verdade que o sexo é muito mais que alcançar a meta de um tremendo êxtase. “As relações sexuais nem sempre terminam com um orgasmo e nem por isso são menos prazerosas, mas geralmente podem coincidir.

Qual o verdadeiro fator, apesar das evidentes e inevitáveis mudanças fisiológicas femininas (menos agilidade e resistência física, falta de lubrificação vaginal e outros transtornos de origem hormonal), para que a mulher possa desfrutar mais e melhor de um sexo à partir dos 50? “

Dois aspectos são cruciais, o medo da gravidez desaparece, a cessação ou, pelo menos, reduz a pressão do trabalho e da vida materna e, especialmente, muita experiência é adquirida. Com isso muitos casais  recuperam a sua privacidade e  seu erotismo”, explica a sexóloga Maria Perez Conchillo.

Em respeito as coroas normalmente têm algumas coisas em comum:

  1. Não têm pressa, fazem devagar e desfrutam do passeio.
  2. Compreendem a sexualidade como algo mais completo.
  3. Não reduzem sua atenção apenas ao ato de penetração.
  4. Não procuraram como único objetivo, o orgasmo. Se exploram muito mais, ou seja, se masturbam mais.
  5. Procurando novas formas de excitação e quando encontram, compartilham com seu parceiro.