BDSM – O prazer através da doce e Gostosa dor

BDSM – O prazer através da doce e Gostosa dor

ANÚNCIO

Postagem escrita em 06/10/2022

BDSM caiu no gosto popular, se tornou algo tão notório que a cultura pop abraçou essa linha de fetiche, ainda mais quando olhamos filmes e séries. Apesar da curiosidade crescer, o fetiche para alguns ainda é enxergado como tabu.

Mas, afinal, do que se trata o BDSM?

Primeiramente, BDSM é nada mais do que se obter o prazer através dor. Não aquele tipo de dor que prejudica ao ponto de fazer mal à pessoa, mas aquela sensação, que para aqueles que se conhecem mais profundamente, são capazes de usufruir de uma sensação explosiva de tesão.

A sigla BDSM representa Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo, as palavras guiam a experiência e cada uma possui seu próprio significado.

BDSM

Bondage recorre a conexão ou ligação, uma prática de amarrar o parceiro(a) e impedi-lo(a) de se movimentar, seja com cordas ou correntes. A disciplina deve ser mantida com regras combinadas entre os dois, como as de levar tapas ou de impedir que se faça algo que o outro goste e seja de sua preferência.

Dominação e Submissão são papéis, quem domina ou é dominado, para ser amarrado, humilhado, espancado ou para realizar tarefas, sejam elas sexuais ou não.

 

Sadismo é o ato sexual feito para causar dor aos parceiros, e não é tão cruel como muitos enxergam, sendo que a relação é feita de total consentimento entre os parceiros(as).

Por fim, o Masoquismo, que ao contrário do sadismo, se refere a pessoa que gosta de sentir dor e com ela seu nível de prazer é atingido de forma exponencial.

O universo BDSM

BDSM

Dom e Domme

Quem domina e quem é dominado. Dom é usado para o dominador e domme para a dominadora.

Sub

Aquele(a) que se permite ser dominado. Simplificando, o submisso(a) da relação BSDM. Um termo que é usado para homens e mulheres.

Cena

Uma espécie de jogo, onde o casal realiza uma atuação da relação BSDM. Os dois devem assumir quem é o dominador e o submisso.

 

Escravo

Quem se deixa ser controlado pelo outro.

 

SSC

Significa são, seguro e consensual. Uma sigla virou o fundamento do fetiche. Respeitar o emocional, físico, e saúde mental dos envolvidos.

 

BDSM

Switcher

A troca de papéis de dominador e submisso.

 

Baunilha

Um termo destinado aqueles que não praticam o BSDM.

 

Coleira

Acessório utilizado na prática, mas que pode ser visto com uma marca da relação. Isso significa que dominador e submisso oficializaram a relação BSDM.

A segurança no BDSM

A relação BDSM é construída na base da confiança e equilíbrio, para isso o casal ou o companheiro(a) deve reconhecer limites do outro, um sinal que transmita ajuda, como uma palavra de segurança ou um gesto. 

A palavra serve para no momento que o outro não estiver mais afim ou a dor estiver indo longe demais. Para que ambos saibam a hora de parar, seja o submisso ou dominador.

E não acaba por aí, porque ainda temos os acessórios que são usados para apimentar ainda mais a relação.

Acessórios BDSM

BDSM

Os acessórios ajudam a aumentar o sexo fazendo jus ao BDSM, da mesma forma que se determina a hierarquia entre dominador e submisso. Caso você tenha interesse em fazer uso, pode encontrá-los em sex shops, como:

  • Coleiras
  • Algemas
  • Chicotes
  • Cordas
  • Correntes
  • Mordaça.

E você? Planeja dedicar algum momento a experimentar um relacionamento BDSM ou já faz uso desse fetiche há algum tempo?

 Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais: 

 

Gostou? Então compartilhe!